a poesia
quando chega

                      
não respeita nada.
nem pai nem mãe.

                             (…)
depois
reconsidera: beija

                    
nos olhos os que ganham mal
                    
embala no colo
                    
os que têm sede de felicidade
                    
e de justiça 

e promete incendiar o país

[ferreira gullar : subversiva ~

Uma resposta to “”

  1. Paulo Henrique (PH) Says:

    Olá, meu nome é Paulo Henrique, sou do Centro Acadêmico Caldeirão, da Universidade Estadual do Ceará, e venho em nome do C.A. do qual faço parte declarar nosso apoio à luta dos estudantes de diversos locais do país que estão lutando por uma universidade popular, socialmente referendada. Aqui no Ceará, o pessoal da UFC(Federal do Ceará), realizou uma atividade sexta dia 19/10 contra a aprovação do Reuni, no Consuni, infelizmente, pessoas foram agredidas e ainda não se conseguiu impedir a aprovaçaõ do Reuni. Contudo, o processo de luta, está só se iniciando, e será realizado conselho de entidades de base, para se ver como podemos reverter esse processo. Declaro apoio a todas e todos estudantes da ocupação da UFRJ, e informo que a luta é Nacional, e apenas começou!

    Paulo Henrique
    Coletivo: Transformar o Tédio em Melodia
    Centro Acadêmico Caldeirão – UECE

    “A humanidade vive no peito de todos nós, e, como o coração, prefere o lado esquerdo. Devemos encontrá-la, temos de nos encontrar. Não é preciso conquistar o mundo. Basta fazê-lo de novo. Nós, Hoje”

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: